Tutorial BPMN: Sub-processos.

Inicio - Aprenda Bpmn - Sub-processos

Sub-processos

Quando um conjunto de tarefas guarda uma relação muito estreita entre si ou quando são sempre executadas juntas, costuma-se colocar as tarefas dentro de um sub-processo.

Como uma tarefa, um sub-proceso pode ser repetido várias vezes ou até que uma determinada condição seja satisfeita.

Existe também um tipo menos comum de sub-processo, denominado ad hoc, no qual as tarefas não estão conectadas por linhas, uma vez que são independentes e não são executadas em uma ordem específica.

BPMN, sub-processos

BPMN, sub-processo adhoc

Eventos anexados

Dentro de um sub-processo (e também dentro de uma tarefa), pode ser gerado um evento, o qual, quando (e se) gerado, leva a execução de alguma resposta (alguma tarefa).

Representamos esta situação colocando um símbolo do evento correspondente anexado ao símbolo do sub-processo (ou da tarefa), seguido por uma linha de fluxo e das tarefas (e outros objetos) que serão executados, caso este evento seja gerado (nem sempre o sub-processo gerará o evento).

BPMN, evento anexado a um sub-processo

Sub-procesos do tipo evento

Uma situação muito particular dentro de um processo é quando um evento é gerado em uma parte do processo (em geral, uma exceção), sendo que este evento será atendido por um sub-processo especial, chamado de tipo evento, o qual é desenhado no diagrama do processo, mas com uma linha pontilhada ao seu redor e não está conectado a nenhum outro elemento do processo no diagrama.

BPMN, sub-processo do tipo evento

Vídeos relacionados

Com respeito ao conteúdo desta página, sugerimos que você veja os vídeos abaixo.

Links úteis

Meu canal no Youtube com videos explicativos.

BPMN - Site oficial

BPMN Examples, Patterns and Best Practises | camunda BPM